2 de jan. de 2020


A Ponte Overtoun é uma ponte em forma de arco localizada perto de Milton, em Dumbarton, na Escócia, que foi construído em 1859. Tornou-se famosa pelo número de casos inexplicáveis de cães que aparentemente, cometeram suicídio saltando fora dela. Os incidentes foram registrados por volta dos anos 1950 ou 1960, quando foi constatado que os cães – geralmente da raça de nariz comprido, como Collies – de repente e inesperadamente saltavam da ponte e caiam cinquenta metros, para a morte. Em alguns casos, porém, os cães poderiam sobreviver se recuperar, e depois saltar fora da ponte novamente. O que torna este mistério trágico ainda mais misterioso é que muitos dos cães que saltam de Overton pulavam da ponte sempre do mesmo lado.

Alguns acreditam que a ponte é mal-assombrada. Em 1994, um homem atirou seu filho bebê para fora da ponte, afirmando que era o anti-Cristo. Foi a ponte de Overtoun responsável por estes trágicos acontecimentos? Alguns acreditam que Overtoun Bridge é um “lugar de transição”, onde as barreiras entre o mundo dos vivos e o mundo dos mortos se encontram, e por vezes cruzam-se.

Atraindo a atenção dos cientistas e dos parapsicólogos charlatães e oportunistas. Desde a década de 60, dezenas de cães são seduzidos por uma inexplicável e voluntariosa atitude suicida que os leva a saltar de cima da ponte. Depois de anos de teorias atribuídas à ignorância, os cientistas rastrearam a causa destes misteriosos saltos.

Leia aqui as teorias e descobertas científicas desse mistério:
Overtoun Bridge - Mistério resolvido.

0 Comentários :

Postar um comentário