novembro 15, 2019
0


A gota chinesa foi umas das torturas mais crués já criadas e  praticada principalmente nos países asiáticos.
A técnica consistia em deixar o prisioneiro preso a uma cadeira por dois meses sem poder se movimentar e com incessantes pingos d'água na cabeça a cada cinco segundos.
A maioria ao final da tortura enlouquecia e os que não enlouqueciam ficavam seriamente debilitados devidos aos ferimentos na cabeça e aos músculos rijos.
Apos vinte minutos o som do gotejamento já começava a incomodar e uma semana depois,quando os pingos caíam as pessoas podiam ouvir tambores dentro de sua 
cabeça e sentiam um forte enjoo,após um mês as dores eram frequentes,por falta de movimentos,enjoos eram constantes e também havia crise de labirintite,quase completado os dois meses de tortura podia se notar que na cabeça do prisioneiro haviam feridas causadas pelos pingos e é nesse momento que a dor se tornava insuportável levando o prisioneiro a loucura.
E por essa tortura ser tão fácil de ser executada,ela foi proibida de ser veiculada e é quase impossível encontrar alguma noticia a respeito.






















Com a Informação Meu Mundo.

0 Comentários :

Postar um comentário