Astrônomos de todo o mundo têm rastreado proeminências solares muito incomuns que surgiram ao longo da borda nordeste do sol.

As proeminências solares são aglomerados relativamente densos de material ejetado pelo Sol, que são mantidos acima da superfície por campos magnéticos. A altura dessas formações é de dezenas de diâmetros da Terra, e se este ou algum outro planeta de alguma forma cair nesta área, se transformará em uma nuvem de gás. 

O fotógrafo solar Maximilian Teodorescu tirou uma nova foto da proeminência anômala:

Imediatamente traz à mente a famosa citação do Apocalipse:

E, havendo o Cordeiro aberto um dos selos, olhei, e ouvi um dos quatro animais, que dizia como em voz de trovão: Vem, e vê.

E olhei, e eis um cavalo branco; e o que estava assentado sobre ele tinha um arco; e foi-lhe dada uma coroa, e saiu vitorioso, e para vencer.

E, havendo aberto o segundo selo, ouvi o segundo animal, dizendo: Vem, e vê.

E saiu outro cavalo, vermelho; e ao que estava assentado sobre ele foi dado que tirasse a paz da terra, e que se matassem uns aos outros; e foi-lhe dada uma grande espada.

[SouLask]

 
});