O planeta vermelho balança de um lado para o outro como um redemoinho quando perde velocidade. O novo estudo permitiu aos cientistas perceberem que os pólos de Marte se desviam ligeiramente do eixo de rotação do planeta. Em média, eles se movem 10 cm do centro com um período de 200 dias.

Essas mudanças são chamadas de Oscilações de Chandler - em homenagem ao astrônomo americano Seth Chandler, que as descobriu em 1891. Antes, elas só eram vistas na Terra. Sabe-se que o deslocamento dos pólos de rotação do nosso planeta ocorre com um período de 433 dias, enquanto a amplitude chega a 15 metros. Não há uma resposta exata por que isso está acontecendo. Acredita-se que as flutuações são influenciadas por processos no oceano e na atmosfera terrestre.

As oscilações de Chandler em Marte são igualmente desconcertantes. Os autores do estudo os descobriram comparando dados de 18 anos de estudo do planeta. A informação foi obtida graças a três espaçonaves que orbitam o Planeta Vermelho: Mars Odyssey, Mars Reconnaissance Orbiter e Mars Global Surveyor. 

Como Marte não tem oceanos, é provável que a rotação instável do Planeta Vermelho seja devido a mudanças na pressão atmosférica. Esta é a primeira explicação que os pesquisadores compartilharam. No futuro, devem haver novos detalhes sobre as oscilações que tanto interessam à comunidade científica.

[SouLask]

 
});