Há diversos tipos de bactérias das mortais até as benéficas para o corpo, por exemplo a  – Streptococcus pyogenes, essa bactéria causa mais de 700 milhões de infecções no mundo todos os anos, com taxa de mortalidade de 25% nos casos mais sérios, uma bactéria extremamente perigosa. Já os probióticos são micro-organismos que prosperam no intestino humano e são bactérias que fazem bem à saúde.

 Mas nada se compara a uma bactéria cujo nome é conhecido como “humanos”, só para ter uma noção do estrago causado ao planeta vamos citar:

1 - De 60% a 80% de todo o lixo no mar é plástico. E até 2050 pode haver mais plástico do que peixes no mar. Ou seja, além de consumir desenfreadamente, os “humanos” estão destruindo lugares antes intocáveis.

2 - O consumo sem limites dos recursos naturais está levando o planeta à escassez, elementos como água, carvão e areia estão ameaçados. Uso excessivo desses recursos e a má distribuição trará consequências inimagináveis.

3 - O desmatamento, destruição dos animais, plantas e vários seres vivos necessários ao mundo é uma das mais tristes fatalidades causadas pelos “humanos”. Para se ter uma ideia, só em 2016 a devastação das florestas alcançou cerca de 29,7 milhões de hectares no mundo, um aumento de quase 51% comparado a 2015, aumentando drasticamente ao longo dos anos.

4 - Com o resultado do aquecimento global nos mantos de gelo causado pelos “humanos”, provavelmente até 2100 o nível do mar poderá aumentar entre 0,61 e 1,10 metros acima dos níveis de 1950.

Essas são alguns dos problemas causados por essa terrível bactéria que devasta tudo por onde passa, a meta agora é explorar o universo dando prosseguimento ao plano devastador já que estima-se que na órbita da terra o acúmulo de lixo espacial cresce em grandes proporções, o “humanos” tem sede de destruir.

 
});