junho 09, 2019
0

O estudo, liderado pelo cientista neozelandês Neil Gemmell, teve como objetivo usar técnicas de amostragem de DNA para descobrir se havia alguma base científica para a lenda do monstro.

Agora, finalmente, quase um ano após as amostras de DNA terem sido coletadas, o Prof. Gemmell e sua equipe quase terminaram a análise e anunciarão os resultados completos em uma conferência no próximo mês.
A partir dos resultados divulgados até agora, a equipe conseguiu identificar o DNA de 15 espécies diferentes de peixes e de 3.000 espécies de bactérias, entre outras coisas.
Parte do estudo também envolveu investigar a validade de várias hipóteses de monstros, como se a criatura poderia ou não ser um réptil pré-histórico, um esturjão ou um bagre gigante.
Gemmell informou:
Existe algo profundamente misterioso? Hmm. Depende do que você acredita. Há algo surpreendente? Há algumas coisas que são um pouco surpreendentes.
Testamos cada uma das principais hipóteses dos monstros e três delas provavelmente podemos dizer que não estão certas e uma delas pode estar.
Embora o Prof Gemmell não confirmasse qual hipótese poderia estar certa, as duas principais teorias sobre o monstro é que é um plesiossauro de pescoço longo que de alguma forma sobreviveu ao período em que os dinossauros foram extintos, ou é um esturjão ou um bagre gigante.











Com a Informação Ovni Hoje.

0 Comentários :

Postar um comentário