05:46
0

Uma imagem de um candelabro de 9 braços gravada numa peça de barro com cerca de 2.000 anos foi encontrada numa povoação judaica na região de Berseba, no Sul de Israel.
 
Este achado é, entre outros artefatos, o resultado das escavações em curso numa povoação judaica da época do Segundo Templo - de há 2 mil anos - e onde já se encontraram uma torre, várias passagens subterrâneas, e vários artefatos, destacando-se esta intrigante representação do candelabro de 9 braços, talvez a mais antiga de sempre. num pedaço de uma lamparina de barro. 
 
 
"UMA DAS MAIS ANTIGAS REPRESENTAÇÕES"
 
Segundo o Dr. Daniel Varga, arqueólogo do "Instituto para as Antiguidades de Israel", "esta é provavelmente uma das mais antigas representações artísticas de um menorá (candelabro) de nove braços até agora descoberta."
 
POVOAÇÃO DO 1º SÉCULO D.C.
 
Esta povoação no deserto do Negueve durou até à revolta de Bar Kochba, no ano 135 d.C. Segundo o comunicado informativo da "AAI", várias passagens secretas subterrâneas poderiam ter sido utilizadas pelos rebeldes judeus.
 
 
Foram até agora encontrados nestas escavações vários tanques para os banhos rituais, vasos de pedra associados às leis da purificação, e uma grande quantidade de cerâmica e de lamparinas decoradas com típicos temas judaicos, tais como folhas de videira. Foram ainda achados reservatórios para azeitonas e tâmaras, e instalações para a confecção de pão.
 







Com a Informação Shalom, Israel!

0 Comentários :

Postar um comentário