18:01
0

Deus é um ser o qual nunca podemos definir, principalmente pela própria natureza dEle, um ser Eterno. 
Eterno é algo que não tem inicio nem fim, sendo assim para a nossa mente finita, este conceito de não ter inicio é muito grande, inclusive uma das hipóteses mais aceitáveis da existência de Deus entre os filósofos e cientistas é justamente a hipótese da “Causalidade”. Segundo está teoria todo efeito tem uma causa, e seguindo está hipótese ao inverso chegaremos ao inicio de tudo onde existirá um “efeito sem causa”, ou seja, a causa de tudo que não foi gerada por nada, e este efeito sem causa, segundo os estudiosos pode ser Deus. Ele é antes de todas as coisas, e nele subsistem todas as coisas... Colossenses 1:17
Por causa da natureza e grandiosidade de Deus não podemos nunca defini-lo, podemos no máximo conceituar. E o melhor conceito dado para Deus é o abaixo:
"Deus é Espírito Pessoal, perfeitamente bom, que em santo amor criou, governa e sustenta tudo pelo seu poder". Dr. Taylor
Deus é espírito pessoal, ou seja, Ele é um espírito com vontade própria. ...seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu... Mateus 6:10
Perfeitamente bom - Respondeu-lhe Jesus: Por que me chamas bom? Ninguém é bom, senão um, que é Deus. Lucas 18:19. Bondade e amor só podem vim de um ser perfeito como Deus é.
Santo amor – é a característica das obras de Deus tudo que Deus faz é obra de amor e pureza, Deus não pode ser contaminado, nem tentado. ...porque Deus não pode ser tentado pelo mal e ele a ninguém tenta. Tiago 1:13
Criou, governa e sustenta tudo pelo seu poder. Deus cria e sustenta pela sua vontade tudo, nada ocorre sem a sua permissão e vontade. Digno és, Senhor nosso e Deus nosso, de receber a glória e a honra e o poder; porque tu criaste todas as coisas, e por tua vontade existiram e foram criadas. Apocalipse 4:11
O nome de Deus

Nos tempos antigos o nome representava a pessoa, não era simplesmente a identificação da pessoa, era a característica dela. Assim Paulo era pequeno, Pedro era firme como uma pedra, mas antes era Simão – uma vara agitada pelo vento e assim por diante – Moises – tirado das águas, etc.
No antigo Egito existia uma crença pela qual se alguém conhecesse o nome verdadeiro de algum deus ou entidade espiritual poderia dominar essa entidade, inclusive na mitologia egípcia consta que a deusa Isis, através de estratégias, conseguiu poderes maiores porque soube o nome verdadeiro do deus Amom, que era o maior dos deuses. Também era proibido se pronunciar o nome do rei do Egito, por isso quando se referiam ao rei ó chamavam de faraó - que segundo estudiosos significa “o palácio”.
Neste contexto Moises é chamado por Deus para salvar o povo de Israel do Egito, e ele pergunta a Deus pelo sEu nome, afinal todos os deuses do êxito tinham nome, e segundo alguns estudiosos, só na capital do Egito tinha mais de 70.000 deuses, e todos com seus respectivos nomes. Então Deus apresenta o sEu nome a Moises:
Então disse Moisés a Deus: Eis que quando eu for aos filhos de Israel, e lhes disser: O Deus de vossos pais me enviou a vós; e eles me perguntarem: Qual é o seu nome? Que lhes direi?
Respondeu Deus a Moisés: EU SOU O QUE SOU. Disse mais: Assim dirás aos olhos de Israel: EU SOU me enviou a vós.
E Deus disse mais a Moisés: Assim dirás aos filhos de Israel: O Senhor, o Deus de vossos pais, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque, e o Deus de Jacó, me enviou a vós; este é o meu nome eternamente, e este é o meu memorial de geração em geração. Êxodo 3: 13-15.
Um nome sempre denota uma coisa, ou uma pessoa, algo finito. Como pode ter Deus um nome, se não é um ser finito, nem uma coisa?
Quando Moises lhe diz que os hebreus não acreditarão que Deus o enviou, a menos que ele possa dizer-lhe o nome de Deus (e como poderiam adoradores de ídolos compreender um Deus sem nome, uma vez que ter nome faz parte da própria essência de um ídolo?), Deus faz uma concessão. Diz a Moises que seu nome é “Eu-sou-quem-sou”. “Eu-sou é o meu nome”. O “Eu-sou” significa que Deus não é finito, nem um “ser” Deus “É”. Ou seja Deus disse que seu nome é “Inominável” No desenvolvimento teológico subseqüente, a idéia é levada mais adiante, no principio de que não se deve sequer dar a Deus qualquer atributo positivo. Dizer que Deus é sábio, forte, bom, implica de novo ser ele um “ser”; o máximo que posso fazer é dizer o que Deus não é, apresentar atributos negativos, postular que ele não é limitado, nem injusto, nem mau. Quanto mais sei o que Deus não é, tanto mais conhecimento tenho de Deus. (Cf. o conceito de Maimonides quanto aos atributos negativos, no Guia dos Perplexos.)

O Deus desconhecido

Deus não pode ser conhecido pelo homem, a não ser que Ele se revele, e isso aconteceu varias vezes na historia da humanidade e com vários povos, não se limitando apenas aos acontecimentos bíblicos, Deus existe além de tudo, até da própria Bíblia, Veja o caso de Melquisedeque: Porque este Melquisedeque, rei de Salém, sacerdote do Deus Altíssimo, que saiu ao encontro de Abraão quando este regressava da matança dos reis, e o abençoou... Hebreus 7:1. Apesar do contexto espiritual de Melquisedeque, o fato é que ele era sacerdote de Deus, então se supõe que havia um culto ao Deus verdadeiro, mesmo antes de Abraão, mesmo antes da nação de Israel.
Apesar do homem não poder conhecer a Deus por sua conta, ele no seu espírito sabe que existe um Deus; superior a tudo, fato este narrado no Livro de Atos capitulo 17, Paulo estava em Atenas e via muitos ídolos, mas um altar lhe chamou a atenção:
Então Paulo, estando de pé no meio do Areópago, disse: Varões atenienses, em tudo vejo que sois excepcionalmente religiosos; porque, passando eu e observando os objetos do vosso culto, encontrei também um altar em que estava escrito: AO DEUS DESCONHECIDO. Esse, pois, que vós honrais sem o conhecer, é o que vos anuncio. Atos 17:22-23.
Alguns pesam que por causa do nome “desconhecido” os atenieses estavam só usando de idolatria exagerada, mas este não era o caso, a verdade é que esse DEUS DESCONHECIDO, como o próprio Paulo disse é o nosso Deus, pois os gregos e romanos criam que existia um Deus superior a todos os deuses deles, um Deus tão grande e poderoso que não podia ser conhecido por homens, sendo assim “DEUS DESCONHECIDO”, caso contrario os poetas idolatras nunca falariam de um que eles não imaginasses. ...porque nele vivemos, e nos movemos, e existimos; como também alguns dos vossos poetas disseram: Pois dele também somos geração. Atos 17:28.
Analisando a historia da humanidade veremos varias manifestações de nosso Deus em vários cantos da terra, prova disso é a historia de Nóe que é uma historia universal, todos os povos a possuem desde da China a América Látina, todos os povos e continentes.

O Deus que se revela

...ninguém conhece plenamente o Filho, senão o Pai; e ninguém conhece plenamente o Pai, senão o Filho, e aquele a quem o Filho o quiser revelar. Mateus 11:27
O homem não consegue conhecer Deus se Ele próprio não se revelar ao homem, este é um principio básico que está expresso em todos os seguimentos religiosos que crêem em Deus como um “ser inteligente” e não uma força, alias está é a diferença essencial entre religião e magia. A religião se submete a Deus, enquanto a magia tenta subjugar as forças espirituais e até Deus, por meios de artifícios, feitiços, mandingas, simpatias, orações, rezas e etc.

A maior revelação de nosso Deus é Jesus:

Havendo Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, nestes últimos dias a nós nos falou pelo Filho, a quem constituiu herdeiro de todas as coisas, e por quem fez também o mundo; sendo ele o resplendor da sua glória e a expressa imagem do seu Ser, e sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder, havendo ele mesmo feito a purificação dos pecados, assentou-se à direita da Majestade nas alturas... Hebreus 1: 1-3.

Em Cristo podemos ver todo o amor de Deus pela humanidade e a plenitude do que Ele quer para nós atreves da figura de Cristo, além de sua expressa vontade e orientações estarem registradas na Bíblia que é nosso manual de fé, pratica e conduta.

Conclusão

Deus é indefinível, infinito, inominável e também imprescindível para as nossas vidas por causa disso devemos busca-lo sempre, pois Ele se deixar achar por nós. Buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração. Jeremias 29:13. E o mais impressionante de todo Deus pode fazer morada junto a nós.
Porque assim diz o Alto e o Excelso, que habita na eternidade e cujo nome é santo: Num alto e santo lugar habito, e também com o contrito e humilde de espírito, para vivificar o espírito dos humildes, e para vivificar o coração dos contritos. Isaías 57:15.

Deus é tudo. Amém!!!









Com a Informação Jacuipe Noticias.


0 Comentários :

Postar um comentário