A única certeza que todos nós seres humanos temos é que um dia iremos morrer, e ninguém consegue fugir dessa triste realidade, o que ocasiona muito medo nas pessoas. O medo do desconhecido nos leva a sentir pavor diante do que não sabemos o que vai acontecer.
Será que o outro lado realmente existe? Iremos reencarnar, ou apenas é o fim de tudo? As dúvidas são diversas, mas até hoje não existe um caso concreto de alguém que morreu, ressuscitou e voltou para nos contar a mais pura verdade sobre o que acontece depois. São várias as suposições do que pode acontecer após a morte, mas a explicação certa está dentro de cada um de nós.
Enquanto vamos vivendo com essa incerteza, os cientistas não se cansam de estudar possíveis experiências de quase morte. Recentemente, um estudo realizado nos Estados Unidos entrevistou 150 pacientes que foram ressuscitados pelos médicos e contaram o que viram, ouviram e sentiram antes de morrer, ou melhor, de quase morrer definitivamente.
Segundo os relatos, a maioria deles disseram que sentiram “sensações” e pressentimentos em comum antes de morrer. Foi comum sentir paz e calmaria enquanto estavam morrendo, além disso, sentiram outros sintomas estranhos, como o fato de verem seus parentes que já faleceram e túneis escuros com luzes no final. Veja as sensações que essas pessoas relataram terem vivenciado.

1. Alucinações

Mais de 20% das pessoas entrevistadas relataram que tiveram alucinações com luz no fim do túnel, seres iluminados, o corpo se desprendendo do corpo físico e assim por diante. Segundo a ciência, a explicação para tal fenômeno está devido a um estado de perturbação do cérebro.

2. Perdão

A necessidade de pedir perdão a alguém é comum quando se acredita ter feito algo que tenha magoado essa pessoa querida e que talvez não tenha mais outra oportunidade de se desculpar. De acordo com os pesquisadores, esse comportamento também é comum entre pacientes que estão internados e que não tem certeza de que vão viver. Essa necessidade de pedir perdão vem da certeza que eles tem do que pode acontecer.

3. Retrospectiva da vida

Quando eu sofri um sequestro relâmpago há alguns anos quando morava em São Paulo, posso afirmar que naquele momento eu iria morrer, então um filme sobre toda a minha vida ficava se passando, uma coisa muito rápida mesmo. Ficava pensando também em como seria a vida de meus entes queridos sem mim. Realmente é uma sensação real e muito rápida. É uma retrospectiva de tudo o que você viveu até aquele momento. Essa sensação você só passa quando vivencia a experiência de estar a um passo da morte.

4. Perda de apetite

Dias antes de morrer, é normal que as pessoas sintam dificuldade em comer. Segundo os especialistas, isso ocorre devido à fragilidade do organismo, que vê o próprio movimento de deglutinação dos alimentos como um esforço indesejável. Nessa fase é natural que a pessoa fique com a boca bastante ressecada.

5. Calmaria

De acordo com os resultados da experiência pela Universidade do Arizona, nos Estados Unidos, das 150 pessoas que passaram pela experiência de quase morte, também denominada como EQM, 3% dos delas consideraram essa experiência como algo ruim, mas os 97% relataram que a sensação era de calma, bem-estar e paz como nunca antes sentido, mesmo aqueles que sentiram medo de ir para o inferno.

6. Sonhar com pessoas que já morreram

Pacientes também relataram que viram ou sonharam com entes queridos já falecidos. Conforme especialistas, esses sonhos podem ser enquadrados nas alucinações que estas pessoas vivenciaram em sua experiência quase morte.

7. Sentir frio

Com a fraqueza do organismo, é normal que a temperatura do corpo também caia, causando a impressão de intenso frio. Isso ocorre porque o corpo não tem mais energia o suficiente para manter sua temperatura natural, uma vez que os órgãos podem estar entrando em falência.


Com a Informação Web Tudo.

0 Comentários :

Postar um comentário