"A mulher não se vestirá de homem, nem o homem se vestirá de mulher: aquele que o fizer será abominável diante do Senhor, seu Deus."  - Deuteronômio 22:5

Sem palavras... não dá mais para comentar a que ponto de iniquidade e confusão a sociedade chegou... fundo do poço é pouco! segue o texto da mídia...
--

Uma pequena questão pessoal aqui: Com que frequência você depila suas axilas? E quanto a seus braços ou pernas? E quanto ao seu queixo? Bem, acho que basta dizer que as mulheres não são tão livres de pelos quanto os homens acreditam.

Isso nos leva a uma questão: Porque a sociedade espera que as mulheres não tenham pelos pelo corpo? Esse assunto sempre foi um grande tabu, mas hoje em dia tem sido muito discutido por mulheres ao redor do mundo. Por que elas precisam depilar todos os seus pelos?


Nos dias de hoje, existe uma campanha de conscientização sobre a saúde chamada “We Can Face It”, que tenta quebrar a imagem negativa dos pelos faciais. Existem diferentes razões para sua existência, como condições de saúde ou genética. Há também mulheres que experimentam aumento de pelo no rosto e no peito durante o período de gravidez, devido a um desequilíbrio hormonal.

Por conta disso tudo, há uma nova tendência em que as mulheres estão aceitando seus pelo faciais e elas vêm recebendo respostas muito positivas. A jovem de 27 anos, Harnaam Kaur, é uma das mulheres que lideram esse movimento. Ela também é uma modelo, celebridade do Instagram e life coach. Harnaam percebeu o crescimento de pelos em seu rosto, nos braços e no peito quando tinha pouco mais de 11 anos. Ela descobriu que isso era devido a Síndrome do Ovário Policístico, que faz com que as mulheres desenvolvam níveis excessivos de hormônios masculinos.



Ela sofria deboches na escola e começou a depilar todos os pelos com cera. Contudo, aos 16 anos, ela se juntou a uma religião que proíbe que os pelos do corpo sejam removidos.


Hoje em dia essa religião não existe mais, mas com isso ela aprendeu a manter seus pelos e acredita que as mulheres precisam tentar aceitar suas diferenças. Em 2016, ela entrou para o Guinness World Record por ser a mulher com a maior barba existente. Ela espera que esse ato possa inspirar outras mulheres a se tornarem confiantes.

Rose Geil, de Oregon, Estados Unidos, está se juntando a esse movimento também. Ela afirma que cultivar sua própria barba a fez se sentir mais sexy e feminina. Em um vídeo no Youtube, ela afirma: “Eu definitivamente me sinto mais feminina desde que deixei minha barba crescer, e isso tem muito pouco a ver com minha aparência física. É tudo sobre minha atitude, me dando a liberdade de ser exatamente quem eu sou, por isso eu definitivamente me sinto mais feminina, eu me sinto sexy“.



Ela ficou muito surpresa ao receber grande aceitação de seus amigos e familiares. Em público, algumas pessoas a confundem com um homem, mas a maioria delas aprecia sua confiança e aceitação.








Com a Informação Mais Vibes,

0 Comentários :

Postar um comentário