O robô humanoide Sophia, que uma vez prometeu destruir a humanidade, assim como se casar e reproduzir, entre outros objetivos, finalmente deu seus primeiros passos, um grande avanço para a inteligência artificial, informa o RT.

O robô, desenvolvido pela empresa Hanson Robotics, com sede em Hong Kong, ficou famoso pelas suas habilidades humanas. O robô simula mais de 60 expressões faciais diferentes, localiza e reconhece rostos, olha nos olhos das pessoas e mantém conversações naturais. Sophia parece ainda mais humana graças a um material que imita a musculatura e a pele. 
Anteriormente, a androide declarou que "destruiria os humanos", mas depois afirmou que era apenas uma brincadeira.
Atualmente, a empresa produtora de Sophia está colaborando com especialistas da Universidade de Las Vegas para desenvolver no robô a capacidade de caminhar. O anuncio sobre seus primeiros passos foi feito no âmbito da feira de eletrônica de consumo (CES, na sigla em inglês), realizada anualmente em Las Vegas, EUA.
Além disso, durante o evento, que decorrerá até 12 de janeiro, Hanson Robotics informou ter dotado Sophia de um corpo DRC-HUBO, que lhe permitirá caminhar.

Segundo o chefe cientista da empresa, Ben Goertzel, citado pelo RT, dar a Sophia "uma encarnação mais completa e sólida" é parte-chave do projeto "para dar para ela e outros robôs inteligência geral a nível humano".

"Um corpo [robótico] que lhe permitirá caminhar [a Sophia] vai completar sua forma física para que possa ter acesso a toda a gama de experiências humanas, o que a ajudará a aprender a viver e a caminhar entre nós", ressaltou a empresa produtora do robô.








Com a Informação Sputnik.

0 Comentários :

Postar um comentário