06:17:00
0

Imagens incríveis mostram a exumação de um monge budista e a revelação aos seus seguidores fiéis de que ele continua 'sorrido' dois meses depois de sua morte. Luang Phor Pian morreu no dia 16 de novembro do ano passado, aos 92 anos de idade, em um hospital de Bangkok.

Natural do Camboja, no Sudeste Asiático, o religioso dedicou sua vida à meditação e à caridade espiritual, sendo um guru muito respeitado na província tailandesa de Lopburi, mesma região para a qual o corpo foi levado após seu falecimento. O cadáver do monge foi recentemente retirado do caixão para ser transferido ao templo onde costumava ficar.

O ‘sorrisinho’ impressionante

Ao desenterrarem o cadáver de Pian, seus admiradores ficaram surpresos com o fato de que mesmo morto há meses, ainda não demonstra sinais bruscos de decomposição. Segundo informações do jornal Metro , a boa conservação seria o real motivo para que o semblante feliz e até mesmo risonho tenha permanecido.


O ‘sorrisinho’ esboçado pelo religioso está sendo compartilhado em todas as redes sociais, deixando os internautas intrigados com o líder espiritual. De acordo com relatórios desenvolvidos na província, o corpo do homem está em estado semelhante ao de alguém que havia morrido há somente 36 horas.

Muitos acreditam que a boa conservação do cadáver de Luang Phor Pian é um sinal de que ele alcançou o "nirvana", que segundo o budismo, e em especial para os monges Shramana, representa a libertação do sofrimento e a superação do apego material e até mesmo da própria existência.

Vale mencionar que a remoção do corpo, de acordo com os responsáveis pela abertura do caixão, serve também para que seus seguidores escolham novas vestimentas para o monge. Tal ato, que funciona como uma espécie de ritual fúnebre , se repete por um longo período de tempo. Seus admiradores devem permanecer rezando por ele e cultivando sua boa preservação até que sua morte complete 100 anos.









Com a Informação Último Segundo.

0 Comentários :

Postar um comentário