Habitantes da localidade de Santa Rosa, na subdivisão Salinas da província de Santa Elena, e Bahía de Caráquez, em Manabi, todos na costa do Pacífico do Equador, ficaram alarmados no momento em que o mar recuou a mais de 100 metros da costa, informa Actualidad.RT .
Várias fotografias do fenômeno circularam nas redes sociais, que os usuários associaram ao que ocorre antes de um tsunami.
No entanto, o Instituto Oceanográfico da Marinha (Inocar) excluiu que fosse um tsunami. Em um comunicado, eles explicaram que até sexta-feira, 5 de janeiro, haverá marés de sicigia ou aguajes, e que foi precisamente isso que causou a retirada do mar.
De 2 a 5 de janeiro de 2018, houve um nível máximo de água que também coincide com o periélio (quando a Terra está mais próxima do Sol).
O comunicado ainda diz:
Essa coincidência, além dos fatores oceanográficos e atmosféricos que contribuíram para a diminuição do nível do mar, causou nestes dias em alguns setores da costa um recolhimento do mar, que não é comum.


Mas seria este realmente um fenômeno causado como resultado da Terra estar mais perto do sol?
E quanto a toda a água do oceano que desapareceu misteriosamente das praias no ano passado no Brasil, nas Bahamas, no Uruguai, no México, e também a água em muitos lagos e rios, como o Mississippi, lago da Geórgia, PA Lake que de repente desapareceu?…

A água nos oceanos, lagos e rios simplesmente não desaparecem, a menos que algo esteja acontecendo, e não estão nos contando a verdade sobre esse “fenômeno”.


Com a Informação Ovni Hoje.

0 Comentários :

Postar um comentário