06:46:00
0

Aqui é onde estamos agora como uma sociedade.
Um homem de 38 anos de idade de Chicago está tentando escapar da punição por abusar sexualmente de três meninas, alegando que ele é um "garoto de 9 anos preso no corpo de um adulto".

Aqui é onde estamos agora como uma sociedade.

Do Chicago Tribune.:

Um homem de Chicago acusado de abusar sexualmente de três meninas disse aos promotores que ele se considera um menino no corpo de um homem, de acordo com os documentos da Corte do Condado de Cook.

Joseph Roman, de 38 anos, é acusado de agressão sexual criminosa predatória decorrente de ataques repetidos contra três meninas de 6 a 8 anos na época, de acordo com os promotores. Roman era amigo das famílias das meninas no momento dos ataques entre 2015 e janeiro deste ano.

Durante uma audiência na quarta-feira, os promotores disseram que Roman admitiu alguns dos ataques e disse à polícia de Chicago: "que ele é um garoto de 9 anos preso no corpo de um adulto". Ele foi detido sem direito a fiança.

Qualquer liberal progressista pensaria que todos nós devemos concordar que essa defesa é à prova de balas e os promotores devem retirar imediatamente todas as acusações (sem mencionar pedir desculpas pelo seu fanatismo acusando-o em primeiro lugar).

Quem não concorda é um trans-idade-fóbico.








Com a Informação A Nova Ordem.

0 Comentários :

Postar um comentário