O presidente não pode ser controlado e está lutando contra o governo das sombras, diz o denunciante

O presidente Trump está abalando o Estado Profundo de tal maneira que eles pediram que as mídias corporativas o ataquem sem parar, de acordo com o ex-oficial da CIA, Kevin Shipp.


"Donald Trump está questionando o Estado Profundo e o governo das sombras", disse Shipp em entrevista ao USAWatchdog no domingo.

"Ele está balançando esse lugar para a esquerda e para a direita. A mídia está aterrorizada com isso. Seus editores estão dizendo para atacá-lo exatamente como eles estão atacando-o por dentro. É um jogo sujo porque eles querem que ele seja retirado".

Shipp elaborou a infra-estrutura do Estado Profundo e aparatos do governo das sombras dentro do governo para explicar como eles podem atrás de um presidente em exercício sem supervisão.

"Eu estabeleço diferenças entre o "Estado Profundo" e o governo das sombras. O governo das sombras são as agências secretas de inteligência que têm tal poder e sigilo que agem mesmo sem o conhecimento do Congresso", afirmou.

"Há muitas coisas que eles fazem impunemente. Depois, há o "Estado Profundo", que é o complexo industrial militar, todas as corporações industriais e seus lobistas, e eles têm todo o dinheiro, poder e ganância que dão todo o dinheiro aos senadores e congressistas. Então, eles estão conectados, mas eles são realmente duas entidades diferentes. É o governo das sombras. . . especificamente, a CIA, que está indo atrás de Donald Trump. A CIA está aterrorizada que algumas das suas relações sejam expostas. Se as relações forem expostas, isso poderia comprometer toda a organização".

Shipp surgiu anteriormente da obscuridade para denunciar o Estado Profundo em setembro, advertindo que a CIA e a NSA são o "núcleo" central do governo das sombras que pode manipular o presidente e as decisões políticas, e que tem o poder de iniciar guerras, tortura, iniciar golpes e cometer ataques de bandeira falsa.






Com a Informação A Nova Ordem.

0 Comentários :

Postar um comentário