Depois de perder o controle de sua estação espacial desativada Tiangong-1 no ano passado, o programa espacial chinês anunciou que a estação está voltando lentamente a Terra. O tempo e a localização exata dessa morte são quase impossíveis de prever, mas agora parece provável que ele ocorra até o final de março ou início de abril.
Não é de modo algum incomum que o lixo espacial volte para a Terra, já que os satélites que terminaram sua vida útil reentram a atmosfera. Mas estes são muitas vezes pequenos ou projetados de uma maneira que significa que eles são mais propensos a queimar-se na atmosfera, minimizando o risco de grandes choques no chão.
A diferença com Tiangong-1 é seu tamanho. A estação espacial pesa cerca de 8.600 quilos e é feita de material denso, aumentando assim a probabilidade de que alguns pedaços substanciais da embarcação possam chegar a superfície ainda intactos. Normalmente, para essas grandes estações, os operadores usam propulsores para controlar a reentrada para garantir que ocorra sobre a água. No entanto, como os chineses perderam o controle, ela está agora em queda livre.
“Você realmente não pode dirigir essas coisas”, disse Jonathan McDowell, astrofísico de Harvard. “Mesmo faltando alguns dias antes de entrar, provavelmente não saberemos antes mais do que seis ou sete horas, mais ou menos, quando ela entrará na atmosfera. Não saber quando vai descer traduz como não saber aonde vai cair”, concluiu ele.
A única coisa conhecida até certo ponto é que ele vai cair em algum lugar entre 43 graus Norte e 43 graus de latitude sul. A maior parte desta área é coberta por água, o que significa que a chance de atingir a terra é baixa.
Previsão do local feita pelo site Satview.
Previsão do local feita pelo site Satview.
Isso, no entanto, não impediu as pessoas de tentarem prever onde ela poderia chegar. O site Satview, que rastreia a localização dos satélites ao longo do planeta, publicou uma atualização esta semana sobre uma estimativa.
De acordo com sua previsão, Tiangong-1 provavelmente entrará na Terra em cerca de três meses, com sua previsão bastante exata em quarta-feira, 4 de abril, às 15:36 UTC. Isso não se deve tomar como exato, pois pode haver uma série de fatores externos que podem alterá-la. Mas, se o Satview estiver corretamente correto, isso significa que a reentrada ocorreria em terra apesar de todas as probabilidades, com a Venezuela e a Colômbia na “linha de tiro”. Teremos que esperar e ver o que acontece.





Com a Informação Mistérios do Espaço.

0 Comentários :

Postar um comentário