A Coreia do Norte está construindo o maior míssil da sua história, com o objetivo de lançá-lo no 70º aniversário da fundação da República Popular Democrática da Coreia - estabelecida em 9 de setembro de 1948 -, relata o jornal japonês Asahi Shimbun, segundo informações de um desertor norte-coreano.
Segundo o jornal, o líder norte-coreano Kim Jong-un ordenou aos cientistas do país que construíssem o chamado Unha-4 no mês passado. A construção do corpo deste novo míssil está quase completa, mas levará mais seis meses para prepará-lo para seu lançamento na data de aniversário, informou o suposto desertor.
O novo foguete será uma versão melhorada do Unha-3, um míssil de três estágios que a Coreia do Norte lançou pela última vez em fevereiro de 2016 e que, de acordo com suas autoridades, não é nada além de um operador de satélite.
No entanto, a maioria da comunidade internacional qualificou esse lançamento — que trazia o satélite Kwangmyongsong-4 — como um teste secreto de um míssil balístico.
A notícia vem pouco depois que a Coreia do Norte anunciou planos para lançar outro foguete para transportar o seu mais novo satélite, o Kwangmyongsong-5, para o espaço.



Com a Informação Sputnik.

0 Comentários :

Postar um comentário