A China terá um novo telescópio de rádio para ‘ouvir’ o universo. O novo telescópio irá superar seu Rádio Telescópio esférico de abertura de 500 metros (FAST), o maior rádio telescópio com uma única parabólica do mundo concluído em 2016. O governo chinês aprovou um plano para construir o rádio telescópio gigante no condado de Qitai, na região ocidental de Xinjiang. Cientistas chineses afirmam que o dispositivo, chamado QTT, será o maior telescópio ‘esterçável’ do mundo.
Alguns sinais estranhos foram encontrados recentemente pelo FAST (abaixo), ‘mas é difícil confirmar suas origens, porque esses sinais não se repetem’, diz Li Di, cientista-chefe do novo rádio telescópio FAST da China.
Ele disse:
Procuramos não só sinais de televisão, mas também sinais de bombas atômicas. Iremos jogar a nossa imaginação ao processar os sinais. É uma exploração completa, pois não sabemos como é um alienígena.


Com uma parabólica do tamanho de 30 campos de futebol, o rádio telescópio FAST da China, que mede 500 metros de diâmetro, deixa para trás o Observatório de Arecibo de 300 metros de Porto Rico. Tendo o novo e mais poderoso rádio telescópio do mundo, com o Telescópio Esférico de Abertura de quinhentos metros (FAST), “podemos receber mensagens de rádio mais fracas e distantes”, disse Wu Xiangping, diretor-geral da Sociedade Astronômica Chinesa,  “Isso nos ajudará a buscar por vida inteligente fora da galáxia e explorar as origens do universo”, acrescentou, ressaltando que a raça chinesa será a primeira a descobrir a existência de uma civilização alienígena avançada.
O maior telescópio de rádio de uma única parabólica totalmente esterçável do mundo será construído no condado de Qitai, no noroeste da China. O telescópio terá 110 metros de diâmetro, com mais de 100 metros de altura e pesará cerca de 6.000 toneladas. Programado para entrar em serviço em 2023, ele irá cobrir três quartos da abóbada celeste.
“A antena, a maior do mundo, poderá traçar as origens de qualquer sinal recebido”, disse Song Huagang, do observatório Xinjiang da Academia Chinesa de Ciências. O telescópio funcionará de 150 MHz a 115 GHz e auxiliará pesquisas sobre ondas gravitacionais, buracos negros e matéria escura. O observatório de Xinjiang está atualmente equipado com um telescópio de rádio de 25 metros. O novo telescópio será aproximadamente 20 vezes maior.
As cadeias de montanhas que cercam o local onde será construído o novo telescópio o protegerão do ruído eletromagnético.
Além do telescópio planejado, a China já está planejando ou completando impressionantes telescópios astronômicos. Em 2016, o Rádio Telescópio de abertura de 500 metros (FAST), o maior do mundo com uma única parabólica, entrou em serviço na província de Guizhou, no sudoeste da China. O maior telescópio óptico da China, com 12 metros, deverá ser construído na Região Autônoma do Tibete. O projeto está incluído no plano de infraestrutura de tecnologia científica em grande escala da China até 2020. (Xinhua).





Com a Informação Ovni Hoje.

0 Comentários :

Postar um comentário