19:19:00
0

Um grupo de cientistas da NASA está estudando a possibilidade de lançar uma missão interestelar em 2069 para uma das nossas estrelas mais próximas. É improvável que alguém vivo hoje veja os frutos da missão, mas o retorno científico seria inegável.
A missão envolveria o envio de uma nave espacial a 10% da velocidade da luz para Alpha Centauri, nosso sistema estelar mais próximo a 4,2 anos-luz de distância. A nave espacial seria colocada em órbita em torno de um planeta lá a procura de sinais de vida.
A essa velocidade, provavelmente a nave espacial levaria um século ou mais para chegar ao planeta. Muitas das tecnologias que seriam necessárias para essa missão ainda não existem, então isto é apenas um conceito. Mas isso ofereceria a chance de estudar outro planeta como nunca antes e retornar com dados incríveis para a Terra.
Isso inclui o uso da nave espacial para estudar o planeta, e talvez procure sinais de vida inteligente, como luzes artificiais ou edifícios. Um enorme telescópio poderia ser lançado no espaço profundo poucos anos depois que a nave espacial fosse lançada, para estudar o planeta alvo antes que ele chegasse.
Alpha Centauri também pode não ser o único alvo possível. Se encontrarmos outras estrelas próximas com planetas habitáveis, eles poderiam ser alvo de grandes missões como essas. E à medida que descobrimos mundos mais potencialmente habitáveis, a ideia de realmente visitar um é extremamente empolgante.
Mas talvez em um século ou mais, nossos descendentes apreciarão os frutos de nossos trabalhos, pois receberão as primeiras imagens da órbita em torno de um exoplaneta. Isso certamente será épico!


Com a Informação Mistérios do Espaço.

0 Comentários :

Postar um comentário