05:35:00
0

Há algo muito estranho sobre o Lago Lonar. O lago arredondado não se encaixa na geologia local e os cientistas descobriram que estranhas forças magnéticas estão interferindo com o equipamento elétrico e deixando as bússolas desorientadas. O que está causando a anomalia eletromagnética?

Que segredos incomuns estão escondidos debaixo d’água? As propriedades magnéticas estranhas do lago poderiam ser extraterrestres de origem?

Forças magnéticas estranhas em torno do Lago Lonar – O que está por trás da anomalia eletromagnética?

O Lago Lonar está localizado a quatro horas de carro de Aurangabad, no distrito de Buldhana, no estado de Maharashtra, no oeste da Índia. O lago não é visitado por muitos turistas porque muitas pessoas desconhecem esse lugar lindo e misterioso. Este lago da Índia começou a causar confusão pouco depois de ser identificado em 1823 por um oficial britânico chamado C.J.E. Alexander.

A água do lago não é normal e o próprio lago parece estar completamente deslocado. Os cientistas da NASA e os funcionários da Geological Survey of India há muito se perguntam como o Lago Lonar pode existir e o que há de errado com ele. O Lago Lonar tem aproximadamente 150 metros de profundidade, com um diâmetro médio de quase 1.830 metros. O lago arredondado mostra evidências de maiores leituras magnéticas do que a área circundante.


Em novembro de 2004, o satélite Terra da NASA adquiriu uma ótima imagem do lago misterioso. Os cientistas já ficaram intrigados com o estranho distúrbio eletromagnético nesta área e tentaram encontrar uma causa.

Os geólogos sugeriram que o lago poderia, de fato, ser uma cratera de impacto de meteoro. Os objetos que vêm do espaço geralmente são mais eletromagnéticos do que os materiais na Terra.

Ao examinar o lago e a água, os geólogos locais encontraram minerais e fragmentos de rocha que se formam quando ocorre um metamorfismo de alta pressão e alta temperatura. Os cientistas descobriram minerais incomuns como masquelinita, uma espécie de vidro que ocorre naturalmente, que só é formado por impactos de alta velocidade.

Portanto, há evidências científicas suficientes para afirmar que o Lago Lonar foi formado quando um meteorito de 2 milhões de toneladas, movendo-se a uma velocidade de 90,000 km/h, atingiu a Terra.

Exatamente quando o impacto ocorreu é incerto, mas os cientistas estimam que poderia ter sido entre 35.000 e 50.000 anos atrás.


É a maior e única cratera de impacto de hiper-velocidade da Terra na rocha basáltica e o belo Lago Lonar pode ser descrito como uma maravilha astronômica pouco conhecida na Terra.






Com a Informação OvniHoje.

0 Comentários :

Postar um comentário