15:15:00
0

Os irmãos Ibrahin de Oliveira, nascido em 1976 e  Henrique de Oliveira, nascido em 1974, tornaram-se conhecidos na década de 90 como "Irmãos Necrófilos". À época com 19 e 21 anos, respectivamente, os dois irmãos mataram, pelo menos, seis mulheres, uma criança e um vigia, entre 1995 e 1996, no município de Nova Friburgo, região serrana do Rio de Janeiro. Após os assassinatos, eles mantinham relações sexuais com os cadáveres como foi comprovado pelo Instituto Médico Legal (IML).


Foi montada uma verdadeira operação de guerra para caçá-los. Cerca de 250 PMs, entre agentes locais e policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope), espalharam-se pela cidade e florestas da região. Moradores da região também estavam na busca pelos dois, motivados por uma suposta recompensa em dinheiro no valor de R$ 5000,00 oferecida pela prefeitura.



Outros habitantes locais realizavam suas buscas para capturar os foragidos com a intenção de promover a "justiça do povo". Segundo uma matéria da época, 30 de novembro de 1995, publicada no jornal Folha de São Paulo, os moradores haviam até escolhido a árvore na qual pendurariam os corpos dos necrófilos. “Aqui é com a gente. A polícia não vai se meter. O que eles fizeram é selvageria e selvageria se paga se responde com selvageria”, foi o que disse ao repórter o agricultor João das Neves, de 49 anos.


O cerco aos assassinos

Os dois irmãos foram cercados na montanha dos Pinéis quando um dos irmãos teria sido visto no local por pessoas que estavam no sítio do comerciante Hélio da Fonseca. Alertados, os homens do Bope subiram a montanha, enquanto cerca de 20 lavradores da região se posicionaram com carabinas, revólveres e facões nas trilhas de descida, impedindo a fuga. A montanha dos Pinéis é coberta por florestas. Seus acessos são quase todos de pedra lisa. Ela tem cerca de 300 metros de altura. A subida principal é pelo lugarejo Janela das Andorinhas, próximo à divisa entre Nova Friburgo e o município de Sumidouro. Na investida Ibraim foi morto por um policial, que o encontrara na floresta. Henrique conseguira fugir do local.

Pertences dos irmãos encontrados no local
No dia 18 de junho de 1996 Henrique de Oliveira se entregou no fórum de FriburgoApós ser preso Henrique afirmou que os crime teriam sido cometidos pelo irmão.

Condenação

No período entre 1995 e 96, os irmãos assassinaram, segundo a polícia, seis mulheres, uma criança e o vigia João Carlos Maria da Rocha. Depois de matar, eles faziam sexo com os cadáveres e mutilavam os genitais dos mesmos, segundo os laudos do Instituto Médico Legal, o que acabou exaltando ainda mais os ânimos de populares da região. Os irmãos podem ter cometido cerca de 22 assassinatos na região, mas a polícia comprovou o envolvimento de ambos apenas nos 8 casos mencionados acima.

Henrique de Oliveira
No dia 01 de Setembro de 2000, Henrique Oliveira foi condenado a 34 anos de prisão pelo Tribunal do Júri de Nova Friburgo. Os sete jurados consideraram Oliveira culpado da acusação de ter matado, na cidade, em janeiro de 1995, o vigia João Carlos Maria da Rocha.

Oliveira também foi considerado culpado da acusação de, na mesma ocasião, ter estuprado Elizeth Ferreira Lima, principal testemunha do caso.

Rocha e Elizeth namoravam perto de um riacho quando foram atacados pelos irmãos Henrique e Ibraim Oliveira. Elizeth sobreviveu porque se fingiu de morta.





Com a Informação Noite Sinistra.

0 Comentários :

Postar um comentário