06:06:00
0

O ex presidente norte Americano Abraham Lincoln é, sem dúvida nenhuma, uma das figuras mais importantes dos EUA. Ele foi o 16° presidente estadunidense e  liderou o país de forma bem sucedida durante sua maior crise interna, a Guerra Civil Americana, preservando a União e abolindo a escravidão, fortalecendo o governo nacional.

Sua morte em 15 de abril de 1865, enquanto ainda exercia o cargo de presidente da república, é um assunto ainda envolto em conspirações e debates, e certamente contribuiu para tornar a figura de Lincoln ainda mais mitológica para os norte americanos.

O texto dos dois parágrafos acima não é nenhuma novidade, nem mesmo para nós brasileiros, mas o fato de que a morte do ex presidente acabou dando origem a uma lenda de assombração é pouco conhecida fora dos EUA.

História de assombrações são relatadas em vários lugares do mundo. E são muitos os objetos tidos como assombrados ou até amaldiçoados. Normalmente quando falamos de assombração logo nos vem a mente casas assombradas, mas existe toda uma cultura a respeito de veículos assombrados e estradas assombradas. Algumas assombrações deste tipo já foram relatadas aqui como por exemplo: A maldição do Little BastardClinton Road - A rodovia assombrada de Nova Jersey e O carro de bombeiros assombrado de San Lorenzo, o que serve como uma pequena mostra para exemplificar o quanto é rica essa "área".

Nos EUA um dos veículos fantasmas mais famosos da história é um trem, que possui relação com o ex presidente Abraham Lincoln.

Segundo a lenda esse trem assombrado é avistado todos os anos em no mês de abril, quando supostamente percorre 180 cidades norte-americanas. O trem que assombra o imaginário popular dos norte americanos seria o veículo que transportou o corpo de Abraham Lincoln durante o funeral, levando o presidente morto em sua última viagem.


As pessoas que dizem ver o trem fantasma relatam que ele surge do meio de uma fumaça negra e que os relógios param em sua presença. Além disso, as testemunhas afirmam ver o caixão de Lincoln guardado por soldados e coberto pela bandeira dos EUA em um dos vagões, e apesar de o trajeto replicar o cortejo original — os 2.700 quilômetros entre Washington e Springfield, em Illinois —, o trem jamais chega ao seu destino final.

0 Comentários :

Postar um comentário