13:31:00
0

Cerca de 5 mil cristãos de várias partes do mundo estiveram reunidos esta semana em Washington, EUA, para um encontro do ministério “Cristãos Unidos por Israel”. O evento é uma iniciativa do ministério liderado pelo pastor John Hagee, um especialista em profecias.
Anos atrás, ele ficou mundialmente famoso por seus estudos e pregações sobre o fenômeno conhecido como “luas de sangue”, que apareceram nos céus de Israel em datas que coincidiam com as festas ordenadas por Deus na Bíblia.
Seus críticos o acusaram de causar alarme desnecessário, pois nenhum grande evento ocorreu depois disso. Contudo, Hagee acredita que foram “sinais nos céus” são importantes e demonstram que o fim dos tempos está chegando, com várias profecias se cumprindo, em especial as que dizem respeito a Israel.
Além de elogiar a mudança de postura do governo Trump em relação ao restabelecimento da boa relação de Israel com seu maior aliado, os Estados Unidos, ele acredita que a mudança da embaixada americana para Jerusalém será um marco histórico e que deve ocorrer em breve.
Ao falar sobre o cenário profético, o especialista apontou que após o aparecimento da “quarta lua do sangue, acompanhamos pela imprensa que a Rússia passou a operar pesadamente no  Oriente Médio”.
O pastor lembra ainda que “[Os russos] levaram suas forças militares para o Oriente Médio. O capítulo 38 do livro de Ezequiel afirma [aos judeus] que, quando o rei do norte saísse do norte, ‘Eu os trarei da terra do norte’. Então, estamos nos preparando para assistir ao começo da Guerra de Gogue e Magogue”.
Em retrospectiva, o pastor Hagee alerta que “assim que as luas de sangue passaram [sobre Israel] a Rússia mudou-se para o Oriente Médio. A Rússia não vai sair do Oriente Médio. Eles irão se juntar ao Irã para reunir um grande exército, que tentará fazer uma invasão do Estado de Israel por via terrestre”.
Recentemente, o governo iraniano vem divulgando suas intenções de entrar forçosamente em solo israelense pelo norte, após o final da guerra da Síria, para “reconquistar Jerusalém”.
Ao lembrar que a Bíblia fala sobre os “sinais no céu” nos últimos dias, o pastor apontou para o eclipse solar que ocorrerá em 21 de agosto. Embora ele não seja “tão significativo quanto as quatro luas de sangue”, seria um dos muitos sinais e maravilhas que veremos nos céus nesses últimos dias.
“A Bíblia diz que no final dos tempos teríamos sinais e maravilhas no céu, e há vários sinais e maravilhas aparecendo, como nunca foi visto antes”, explicou Hagee em entrevista ao programa da CBN News.
“As quatro luas de sangue foram anunciadas por Joel… foram profetizadas e confirmadas por Jesus. Foram confirmadas pela NASA, surgiram em datas específicas: Páscoa e a Festa dos Tabernáculos”, resume.
Para o estudioso, “Deus estabeleceu essas datas específicas há milhares de anos. Somente Deus poderia fazer uma lua de sangue surgir, porque é a luz do Sol brilhando através da atmosfera da Terra que faz a Lua ter esse brilho avermelhado”, aponta.
O fato disso ter ocorrido por quatro vezes em um curto espaço de tempo em datas bíblicas, mostra que “Está tudo tão interligado com a verdade que mesmo os ateus acabaram admitindo ser algo incomum”, lembrou.
Ele finalizou a entrevista fazendo uma declaração forte: “O mundo, do jeito que está nesse momento presente é como um barril de pólvora e seu pavio já está aceso. Cada um dos atores está posicionado no palco profético pela primeira vez na história. Estão se cumprindo todas as profecias de Daniel, Ezequiel, Jeremias, Isaías… Estamos esperando, assim que o próximo ‘dominó’ cair. Quando isso acontecer, fique alerta, pois não vai mais parar”.


Gospel Prime.

0 comentários :

Postar um comentário