03:09:00
0

Na cidade de Los Angeles, há grandes frotas de caminhões, aviões e barcos no porto, todos com equipes treinadas de policiamento, prontas para entrar em ação se uma catástrofe que ninguém quer pensar acabe ocorrendo: um ataque nuclear pela Coreia do Norte.

Cidades em todo os EUA estão se preparando para um ataque de terroristas, e isso se aplica até mesmo a um ataque que possa envolver armas nucleares ou uma ‘bomba suja’. No entanto, há agora preocupações para com a Costa Oeste dos EUA, devido ao míssil de longo alcance e aos programas de armas da Coréia do Norte, que agora aumentaram a possibilidade de um ataque aos EUA.



A Coreia do Norte é uma ameaça clara para Los Angeles

O comandante das operações de emergência no Departamento do Xerife do condado de Los Angeles, capitão Leonard McCray, disse que eles monitoram os eventos em todo o mundo, além de avaliar se há uma ameaça que poderia afetar os EUA. Ele acrescentou que a Coréia do Norte é muito claramente uma dessas ameaças.

À medida que as tensões aumentam, uma das maiores questões é exatamente o quão bem Los Angeles, juntamente com outras cidades dos EUA, estão prontas para um ataque nuclear. A resposta a esta pergunta pode não ser o que se espera. O governo federal e as agências de policiamento estão hoje melhor treinadas e equipadas, graças a duas décadas encarando o terrorismo. Eles estão melhor treinados para lidar com as consequências após um ataque nuclear do que durante a Guerra Fria. No entanto, muitas gerações de cidadãos nos EUA cresceram e não aprenderam a se protegerem após uma detonação, e não sabem as conseqüências que ela traz.


Após testes na Coréia do Norte, preparações contra ataques estão sendo detalhadas

Devido aos eventos recentes, as agências de emergência foram forçadas a terem que olhar para os detalhes das preparações. Os analistas tiveram que concordar que a Coréia do Norte é capaz de enviar uma ogiva nuclear para o Alasca e até possivelmente o Havaí. Isso ocorreu após o teste de armas nucleares subterrâneas, juntamente com os vôos de mísseis da Coréia do Norte que se tornaram cada vez mais sofisticados. Em no máximo dois anos, a Coréia do Norte alcançará facilmente Los Angeles, Seattle, São Francisco e Portland, de acordo com um especialista em armas da ‘União dos Cientistas Preocupados’, David Wright.

Alcance estimado dos mísseis atuais da Coréia do Norte.
Os Estados Unidos têm tentado pôr fim à ascensão da Coréia do Norte em relação à energia nuclear. No entanto, a política nacional tem sido evitar a questão da vulnerabilidade das cidades nos EUA em relação a um ataque surpresa.

Seriam necessários abrigos contra radiação?

Perto do fim da Guerra Fria, os Estados Unidos pararam o seu enorme programa de defesa civil, quando descobriram que o intercâmbio nuclear limitado com a União Soviética se tornaria um holocausto de grande escala e poderia envolver centenas de detonações de armas nucleares. Parecia inútil que as pessoas tentassem se preparar para a sobrevivência se uma catástrofe como essa ocorresse em abrigos públicos.
No entanto, a ameaça da Coréia do Norte é diferente, já que o governo em Pyongyang tem apenas uma dúzia de armas nucleares e muitos delas não são adequados para mísseis.
O congressista, Matthew LoPresti, do Havaí, disse que muitas pessoas acreditam que todos perecerão, mas esse não é o caso. Ele já se prepara para um ataque no Havaí há algum tempo. Ele disse  que isso levaria a baixas em massa; no entanto, muitas pessoas sobreviveram. Ele disse que, se as pessoas não tomarem as medidas apropriadas, então, ainda mais pessoas poderão perder a vida…


A Coreia do Norte pode ter dificuldades para lançar um míssil

No momento, acredita-se que a Coréia do Norte teria dificuldades para impedir que uma ogiva se afastasse do alvo. No entanto, mesmo o mais imperfeito dos dispositivos pode revelar-se eficaz se atingir qualquer lugar perto de Los Angeles. Um funcionário do departamento de Energia passou a dizer que eles não monitoram o que estão fazendo os estados e as cidades. No entanto, ele disse que, se um ataque acontecesse, eles estarão prontos para enviar assistência técnica a partir de seus laboratórios nacionais.
Os primeiros que reagirem ao brilho de uma detonação nuclear em Los Angeles seriam bombeiros e policiais. O gabinete de ações especiais do xerife está no topo de uma colina com vista para a Freeway 710 e é o lar de caminhões especiais que foram equipados com sensores radiológicos que têm a capacidade de fazer uma varredura dos níveis de radiação ao passarem ao redor dos bairros. Isso lhes permitiria avaliar rapidamente o perigo. Eles ainda consideram que o terrorismo é uma ameaça maior; no entanto, treinam e se preparam para lidar com qualquer ameaça…

…Alguns disseram que, embora exista uma razão para ser cauteloso sobre a Coréia do Norte, não há motivo para começar a cavar e preparar abrigos. No entanto, Levin, o diretor de saúde do Condado de Ventura, disse que não fazer nada é errado, e apontou que o plano-chave do condado era pedir aos moradores que não fugissem, mas que permanecessem dentro de suas casas após uma detonação. O plano do município foi feito ao lado de um especialista em efeitos de armas nucleares. Brooke Buddemeier, do Laboratório Nacional Lawrence Livermore, disse que o abrigo interno durante 24 horas após a detonação reduz o risco de exposição.

Ovni Hoje.


0 Comentários :

Postar um comentário