14:03:00
0

Mulher misteriosa descoberta na Califórnia afirma ser uma sereia. Uma mulher misteriosa foi descoberta vagando sozinha perto de um lago em Fresno, entre Los Angeles e São Francisco, no estado da Califórnia. Quando ela foi abordada por policiais que estavam preocupados com seu bem-estar físico e mental, ela disse-lhes que ela era uma sereia. Agora, algumas pessoas estão começando a se perguntar se ela poderia estar dizendo a verdade. 

A mulher, que se identificou apenas pelo nome 'Joanna' foi abordada pela polícia depois que ela foi avistada andando sozinha pelas ruas completamente nua, exceto por um sutiã de esporte. Os policiais a questionaram e ela imediatamente disse a eles que ela era uma sereia. Além disso, ela se recusou a dar qualquer outra informação e simplesmente respondeu "não sei" para todas as outras perguntas que foram colocadas a ela. 

Os oficiais determinaram que ela estava agindo de uma maneira extremamente bizarra. De acordo com Markt Hudson, da Polícia de Fresno, eles notaram que ela estava muito molhada e que ela provavelmente estava no lago próximo.

 A polícia determinou que precisava de ajuda e a levou para o hospital. Depois que ela foi colocada em cuidados médicos a polícia passou por vários registros e pegou impressões digitais de 'Joanna'. No entanto, isso não surgiu com identidades correspondentes. A polícia já abriu uma campanha pública para ajudar a identificar essa mulher, mas desde então não deu frutos .

 "Joanna" não deu qualquer informação adicional sobre a sua identidade para o pessoal médico que está atualmente supervisionando a mesma e não se sabe se ela ainda está alegando que ela seria uma sereia. Embora muitas pessoas tenham atribuído esta alegação a um distúrbio psiquiátrico, outros tinham notado que há algo incrivelmente estranho sobre 'Joanna' que dá um nível de credibilidade às suas alegações - quando ela foi descoberta, a polícia imediatamente percebeu que os dedos dos pés em ambos os pés pareciam diferentes, tipo membranas.

0 Comentários :

Postar um comentário