13:13:00
0

Uma mãe horrorizada afirma que a imagem perturbadora que aparece nos maços de cigarro é de seu pai, à beira da morte, no hospital.
Jodi Charles tem 42 anos. Ela viu o maço de cigarro e diz estar “100% certa” de que a foto mostra seu pai, David Ross.
David faleceu em 2015 e Jodi diz que “não é possível” que ele tenha dado a sua autorização para usar a imagem.
O pai, de 66 anos, que trabalhava como motorista de ambulâncias, fumava, mas morreu por problemas relacionados à medula óssea, sepse e linfoma, um tipo de câncer que afeta o sangue.
Jodi acredita que alguém deve ter tirado a foto em alguma das vezes em que ele foi internado no hospital.
A foto mostra um homem inconsciente, deitado numa cama de hospital com um tubo na boca para respirar.
David Ross e a imagem em questão [SWNS].
O hospital nega a acusação, e a Comissão Europeia assegura que a imagem é de outra pessoa. Jodi diz que ainda está esperando que alguém prove isso.
A foto faz parte das 42 imagens terríveis, usadas em todos os maços de cigarro comercializados no Reino Unido. Esta é uma lei da União Europeia que tenta reduzir o consumo de tabaco.
Jodi é de Purfleet, Essex, na Inglaterra, e explicou o seguinte: “Um amigo meu, que é fumante, veio fazer uma visita esta semana e minha filha pegou o maço de cigarro”.
“Ela correu até o quarto e disse: ‘Olha, é o vovô!’”
“Quando vi a foto, disse: ‘Oh, meu Deus’. Eu sabia, sem dúvidas, que aquele era meu pai. Fiquei horrorizada”.
Ela diz que o cabelo e vários traços faciais são únicos de seu pai.
“Estou 110% certa de que é ele, e não é possível que ele tenha dado sua autorização para que uma foto deplorável como esta fosse usada. É terrível”.
David Ross faleceu em 2015 [SWNS].
Ela acrescentou que o texto é “absolutamente repugnante”, porque David não teve um derrame cerebral, não era incapacitado, e não morreu por uma doença relacionada ao consumo de tabaco.
Um porta-voz da Comissão Europeia disse que todas as pessoas que aparecem nas imagens deram o seu consentimento para tal, e acrescentou: “Sentimos muito pela angústia causada a esta mulher que acredita que seu pai está representado nesta advertência de saúde”.
“No entanto, após ter comparado as informações de seu pai com a identidade da pessoa presente na foto, podemos afirmar categoricamente que o indivíduo da imagem não é David Ross”.
Os hospitais universitários de Basildon e Thurrock também negam que as fotografias sejam do pai de Jodi.
Jodi ainda não se convenceu e disse: “Se não é ele, quero provas, e um documento assinado por ele dando sua permissão para que a foto fosse usada”.
“Se não me mostrarem isso, irei denunciá-los”.

Noticias Internacional
Yahoo Noticias

0 Comentários :

Postar um comentário