10:06:00
0

O Estado-Maior russo anunciou nesta sexta-feira que manteve os primeiros contatos com dirigentes militares da Otan desde a interrupção de sua colaboração, após o início da crise ucraniana em 2014.

O comandante do Estado-Maior do exército russo, Valeri Guerasimov, e o presidente do comitê militar da Otan, o general tcheco Petr Pavel, conversaram por telefone a pedido da Aliança Atlântica, segundo Moscou.

Os dois abordaram "os atuais problemas de segurança, a possibilidade de retomar a cooperação militar, a prevenção de incidentes e a participação de representantes da Aliança nos eventos internacionais organizados" por Moscou, afirma um comunicado do ministério russo da Defesa.

Guerasimov expressou preocupação com o "aumento da atividade militar da Otan perto das fronteiras russas" e informou a Pavel sobre os futuros exercícios militares previstos por Moscou.

Os dois "confirmaram a necessidade de adotar medidas recíprocas para reduzir a tensão e estabilizar a situação na Europa", segundo o comunicado.

Otan e Rússia interromperam os contatos militares no início de 2014, depois que Moscou anexou a Crimeia e da explosão de um conflito entre o exército ucraniano e os separatistas pró-Rússia do leste da Ucrânia.





AFP.

0 comentários :

Postar um comentário