09:42:00
0

Em conversa com o presidente ucraniano, Petro Poroshenko, neste sábado (4), o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou que trabalhará com Kiev e Moscou na tentativa de por fim aos confrontos na Ucrânia.

 Estes são os confrontos mais graves registrados no país desde um cessar fogo "ilimitado" decretado no fim de dezembro, segundo o G1. "Trabalharemos com a Ucrânia, Rússia e outras partes envolvidas para ajudá-las a restabelecer a paz na fronteira", disse Trump.

 O gabinete de Poroshenko destacou que "ambas as partes expressaram preocupação com a escalada da violência e a deterioração da situação humanitária".

0 comentários :

Postar um comentário