09:43:00
0

Novas descobertas revelam que uma região de Galloway, na Escócia, pode ter sido o coração de um reino da Idade das Trevas, que esteve perdido por mais de mil anos.
Os pesquisadores que trabalham na fortaleza de Trusty’s Hill agora acreditam que o local pode ter sido o verdadeiro assentamento do reino de Rheged, no século VI.
Rheged havia sido classificado como um reino “de destaque entre os reinos do norte”, e acreditava-se que ele ficava em Cúmbria, conforme os pesquisadores afirmam em um novo livro.
O Dr. Christopher Bowles comentou: “A evidência arqueológica mais recente encontrada em Trusty’s Hill, ampliou nossa compreensão do poder, da política, da economia e da cultura de uma época na qual foram estabelecidos os alicerces dos reinos da Escócia, Inglaterra e Gales”.
“Este foi um local de inovação religiosa, cultural e política cuja contribuição para a cultura escocesa talvez não tenha sido devidamente reconhecida”.
Rheged
“Nossa escavação trouxe à tona um contexto arqueológico que indica que estas construções poderiam pertencer à fortaleza real e ao primeiro assentamento dos britânicos locais de Galloway, por volta do ano 600 d.C.
As novas evidências arqueológicas sugerem que Galloway pode ter sido o coração de Rheged, o reino perdido da Idade das Trevas que se transformou no último dos reinos de maior destaque do norte, no século VI.





Yahoo.

0 comentários :

Postar um comentário