Gatos têm uma reputação de serem fujões. Enquanto alguns os consideram criaturas adoráveis e amáveis, outros os consideram frios e distantes.  A verdade é que os gatos são uma das criaturas mais magnificentes que gostam de manter um ar de altivez ao seu redor. Eles querem seu próprio espaço a maior parte do tempo.  Mas isso não os impedem de ser bichinhos que gostam de carinho e muita atenção. Uma vez que entenda isto, você irá perceber como você pode gostar da companhia deles.
Aqueles que gostam de gatos concordam que não há nada mais relaxante do que brincar com seu gato.  Com isto em mente, a SPCA (Sociedade de Prevenção à Crueldade em Animais), um abrigo de resgate animal, e o centro médico da UCSF (Universidade da Califórnia em São Francisco) decidiram trabalhar juntos para começar um programa conhecido como Animal Assisted Therapy Program (Programa de Terapia Assistida por Animais). O programa foi iniciado lembrando dos efeitos tranquilizantes quando se brinca o acaricia um animal de estimação.  A ideia foi a de relaxar alguns pacientes criticamente enfermos, dando a eles a chance de passar algum tempo com estes adoráveis felinos, os quais dizem que reduzem o estresse, a ansiedade, a pressão sanguínea e até mesmo a depressão.
O centro médico da UCSF escreveu em sua página do Facebook:
Duke trás abraços fofos e alegria aos pacientes criticamente enfermos em nossa unidade de tratamento intensivo!  Nossa equipe também achou ele perfeito!
Um gato de terapia chamado Duke Ellington Morris, em homenagem à legenda do jazz, Duke Ellington, trouxe momentos de felicidade para alguns pacientes seriamente enfermos num hospital da Califórnia.  Eles estavam sofrendo muito e precisavam de algo para afastar suas mentes de suas saúdes em declínio.  O felino preto e branco visitou os pacientes e o centro compartilhou o vídeo da visita em sua página do
Durante sua visita ao hospital, ele foi tratado como realeza e carregado pelo hospital num carrinho para cumprimentar alguns pacientes que necessitavam de relaxamento.
O vídeo de Duke sendo acariciado pelos pacientes já foi visualizado mais de 10 milhões de vezes na data de publicação deste artigo e começou com Duke visitando um senhor que disse estar “ficando melhor devagarinho” enquanto as enfermeiras colocavam Duke mais próximo dele.  Duke sentou com o homem por alguns minuto, e as enfermeiras cuidavam do paciente e conferiam seus estado de saúde.
Então o gato foi levado pelos corredores do hospital para visitar médicos e outros membros da equipe.
gato de terapia
Várias pessoas paravam para conhecer o amiguinho e acariciá-lo, enquanto alguns até o beijavam. O gatinho recebeu muita atenção e amor de todos no hospital e aproveitou um dia cheio de mimos.
A equipe da UCSF disse:
Nossa equipe filtra as questões de alergia antes do gato visitar, bem como tomamos precauções com a higiene, etc.
Algumas preocupações quanto a higiene e alergias foram inicialmente levantadas, mas o hospital reportou que os pacientes são filtrados antes das visitas especiais:
Além disso, o Programa de Terapia Assistida por Animal da SPCA tem norma de limpeza específicas.
A humanidade parece estar mais e mais despertando quanto o valor dos animais para com o bem-estar humano. Você pode até não gostar de animais, mas é incontestável a importância deles em nossas vidas.








OtiMundo.

0 comentários :

Postar um comentário