10:24:00
0

Como a sociedade se torna cada vez mais automatizada por robôs e sistemas de inteligência artificial, um dos caminhos para o homem será se fundir com máquinas, de acordo com Elon Musk.

Em comentários feitos na Cúpula Mundial do Governo em Dubai, o empresário bilionário por trás de Tesla e SpaceX disse que o tipo de dependência diária que já temos em tecnologia só vai aumentar com o passar do tempo – até o ponto de a inteligência humana e da máquina pensarem de forma eficaz tornando-se apena uma.

“Até certo ponto, já somos ciborgues – você pensa em todas as ferramentas digitais que você tem – seu telefone, seu computador“, Musk disse. “Os aplicativos que você tem. O fato de que você pode fazer uma pergunta e obter uma resposta imediata do Google e outras coisas“. Chamando essa dependência existente de tecnologia pessoal de uma “camada digital terciária”, Musk disse que já é parte da nossa biologia neural, afetando a maneira como pensamos, mas também a capacidade de sobreviver do nosso eu físico.

“Pense no sistema límbico – o cérebro animal e o córtex como a parte pensante do cérebro e seu eu digital como uma terceira camada”, disse ele. “Se você morrer, seu fantasma digital ainda está por aí”. Embora seja fácil ver a lógica nisto, a parte mais estranha da visão de Musk é como a humanidade evoluirá no futuro – especialmente em um mundo onde os robôs podem executar muitos dos trabalhos humanos atualmente e até mesmo nos superar. Nesse tipo de mundo, com um grande número de trabalhadores desempregados subsistindo de uma renda básica universal, como as pessoas encontrarão satisfação?

A resposta de Musk é que os humanos vão aprofundar ainda mais nossos laços com a tecnologia, até o ponto em que nos tornaremos ciborgues, como uma forma de atualizar nossas habilidades naturais inerentes. “Com o passar do tempo, veremos uma fusão mais próxima da inteligência biológica e da inteligência digital, tudo se refere à largura de banda do cérebro“, disse ele. Não é a primeira vez que Musk fala sobre esta hipótese. No ano passado, ele comentou sobre a necessidade de os seres humanos considerarem a obtenção de implantes cerebrais no futuro para acompanhar a rápida evolução da IA.

Além disso, o especialista sugeriu que nós modificássemos Marte para torná-lo habitável. Os desenvolvimentos mais recentes com foguetes da SpaceX podem fazer com que voltemos ao Planeta Vermelho em menos de 10 anos. É claro que, apesar das melhorias cibernéticas que nos oferecem novas habilidades, as visões de Musk da Terra de amanhã também têm seus problemas. Em um mundo futuro também será ilegal dirigir carros, já que os veículos automatizados serão mais seguros. Além disso, não haverá nenhum trabalho ou tarefa doméstica para nos ocupar.









Jornal Ciência.

0 comentários :

Postar um comentário