16:34:00
0

Após milhares de anos de extinção, os mamutes podem voltar a andar sobre a Terra, agora que cientistas dizem ser capazes de criar um embrião da espécie, dentro de dois anos.
O geneticista George Church e uma equipe da Universidade de Harvard estão tentando recriar os animais extintos usando o DNA encontrado em uma camada de gelo no Ártico.
A equipe de Church examinou o DNA preservado em busca dos genes que separam os mamutes dos elefantes, como aqueles responsáveis pela grande quantidade de pelo dos mamutes.
Agora, eles esperam juntar esses genes no embrião de um elefante, criando um híbrido que terá as características de um mamute.
A tecnologia, caso seja bem sucedida, pode ajudar a salvar outras espécies à beira da extinção, dizem os pesquisadores.
A equipe está trabalhando nas 45 “variáveis” dos genes dos mamutes, combinando-as com o DNA de um elefante. O próximo passo é usar um útero “artificial” para gerar o embrião.
O Professor George Church, que dirige a equipe de Harvard nessa experiência, disse: “Estamos trabalhando nas maneiras de avaliar o impacto de todas as variáveis e tentando estabelecer uma embriogênese em laboratório”.
Foto Rex
“A lista de variáveis envolve várias características que garantiam a sobrevivência dos mamutes em ambientes frios. Elas incluem orelhas pequenas, gordura subcutânea e pelos, mas há outras seleções ainda a serem feitas”.
“Nosso objetivo é produzir um híbrido entre mamute e elefante. Na verdade seria mais como um elefante com vários traços de mamute. Ainda não chegamos lá, mas isso pode acontecer dentro de poucos anos”.
Foto Rex
Várias equipes ao redor do mundo estão tentando produzir um clone de um mamute usando células de restos congelados e um óvulo de elefante, mas é difícil encontrar material genético de qualidade para tanto.
Os mamutes se tornaram extintos há cerca de 10.000 anos.

O aquecimento global está derretendo o gelo no leste da Rússia, levando a descobertas de um bom número de mamutes congelados.







Rob Waugh
Yahoo News UK

0 Comentários :

Postar um comentário