07:25:00
0

O misterioso Serapeu de Saqqara é um templo dedicado à deusa grega-egípcia de Serapis. A antiga cidade de Saqqara foi uma necrópoles onde os egípcios enterravam seus mortos e também um lugar onde eles, como forma de cerimônia, enterravam os “touros sagrados” de Apis.

Lá, um conjunto enigmático de caixas de pedra, datando dos tempos do Egito Antigo, mais uma vez ganhou a atenção científica.  Teriam elas sido feitas por alienígenas?
Desde que foi descoberta pelo arqueólogo Auguste Mariette, em 1850, o antigo templo tem sido fonte de perplexidade para o mundo científico.  Dentro de Serapeu pode-se encontrar um conjunto de túneis que vão para dentro da colina, conectando várias câmaras. Por mais de 3.000 anos, estas câmaras tem abrigado vários sarcófagos de granito preto, muito grandes para acomodar quaisquer restos humanos.
Seu papel permanece sendo o centro de debates, com os estudiosos de ‘tendência predominante’ alegando que os sarcófagos não eram nada mais do que receptáculos para os restos mumificados dos touros de Apis. Mas nenhum resto de animal algum foi encontrado dentro das caixas.

Mas não é o propósito destas caixas que as tornam um assunto interessante.  O que faz com que as pessoas fiquem intrigadas é a habilidade requerida para contruí-las.  Embora os antigos egípcios sejam considerados grandes construtores,  a inteligência das técnicas empregadas na construção das caixas pretas de Saqqara levantou suspeitas dos entusiastas sobre a possibilidade de terem sido feitas por alienígenas.
Para começar, o material usado para esculpir as caixas é muito duro para ser trabalhado, mesmo com os padrões tecnológicos de hoje. Imagine só o quão difícil deve ter sido para cinzelar estes imensos blocos, que pesam mais de 70 toneladas, usando somente ferramentas da Idade do Bronze.
A engenharia de precisão necessária para fazer as caixas do Serapeu foi o que levou os proponentes da história alternativa a suspeitarem que uma raça avançada de seres extraterrestres poderiam ter se envolvido em sua fabricação.
As enormes caixas e seus cantos precisamente cortados fez com que o especialista em OVNIs Brien Foerster declarar o seguinte:
Sua precisão é bem do Século XXI, ou pelo menos do Século XX. Os ângulos que foram esculpidos na rocha estão a somente uma fração de milímetro de serem perfeitos.
Décadas após terem sido descobertos e analisados, os especialistas ainda são incapazes de fornecer uma explicação satisfatória sobre a origem e propósito dos pesados sarcófagos de granito.

Não sabemos os propósitos por detrás de sua construção e não temos ideia do porquê deles terem sido transportados e armazenados nas profundezas dos túneis do Serapeu de Saqqara.  O que sabemos é que os antigos egípcios os construíram para durar, usando material que é muito duro de trabalhar, e com uma resistência para aguentar o teste do tempo.  As tampas dos sarcófagos se encaixam tão bem, que nenhum ar pôde escapar ou entrar nas caixas por milhares de anos.
Para fazer essas caixa desta forma, os antigos necessitariam habilidades avançadas de cantaria, junto com um profundo conhecimento de matemática e geometria, sem mencionar excelentes procedimentos e ferramentas.
É fácil ver como levando estes aspectos em consideração poderia mudar a perspectiva de uma pessoas sobre o mundo antigo e a tecnologia disponível então. Como resultado, muitos ovniólogos estão convencidos de que as caixas de Saqqara foram o trabalho de alienígenas, ou pelos menos o resultado de sua participação no processo.
A mitologia do antigos egípcios certamente não deixa espaço para interpretação, e uma pessoa pode facilmente substituir seus deuses por seres extraterrestres avançados. Se você souber onde olhar, os alienígenas e seus OVNIs podem ser vistos em entalhes antigos dentro das pirâmides. Há enigmáticos rolos de papiro que detalham batalhas aéreas e espaçonaves gigantes pousando nas margens do Rio Nilo. As Pirâmides e a Esfinge são fontes constantes de perplexidade àqueles curiosos o suficiente para se perguntarem se aquilo que se vê é o que realmente os estudiosos dizem que é.
Os antigos egípcios parecem ter tido o dom do conhecimento muito além de seu tempo. Os artefatos que deixaram para trás servem como uma lembrança de que as coisas nem sempre são o que parecem, e a nossa compreensão atual da história pode não ser tão correta.




OvniHoje.

0 comentários :

Postar um comentário