11:31:00
0

As aventuras de Frodo e sua turma conquistaram milhões de pessoas ao redor do mundo. Todos se envolveram com os desafios vividos pelo pequeno hobbit, aquela espécie quase humana que não existe… Ou existe?
Uma pesquisa iniciada em 2004, quando arqueólogos encontraram na ilha Flores, na Indonésia, restos de uma espécie hominídea muito pequena pode indicar que esse tipo de ser com Frodo já existiu. Ou pelo menos algo bem parecido.
Nomeado como Homo floresiensis, a espécie que chegava a pouco mais de 1,10m de altura foi batizada de hobbit justamente em alusão ao Senhor dos Anéis. Agora, 13 anos após sua descoberta, os cientistas começam a divulgar mais detalhes.
Mesmo com os estudos, uma questão ainda divide cientistas: a origem da espécie. Para muitos, esse tipo de homem é um Homo sapiens que se desenvolveu em condições adversas e, por isso, ficou pequeno. Mas cientistas também defendem ser uma espécie completamente distinta.
O segundo grupo ganhou, em descoberta recente, argumentos mais contundentes. Foram encontradas, há 72 quilômetros dos primeiros vestígios, seis dentes e um pedaço de mandíbulas que indicam que os antecessores desses 'hobbits' também eram extremamente pequenos e andavam pela região há mais tempo do que se imaginava.
O achado praticamente descarta a possibilidade do Homo floresiensis ser apenas um Homo sapiens "com defeito". Agora, cientistas se debruçarão sobre as descobertas e podem traçar uma nova história sobre a evolução e a dispersão humana em seu primórdio.




Yahoo.

0 comentários :

Postar um comentário