09:34:00
0

Após a conclusão das audiências com os delatores da Odebrecht , a expectativa é de que a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Carmen Lúcia, homologue os depoimentos entre a segunda (30) e a terça-feira (31). 

Segundo informações da rádio Jovem Pan, Carmen Lúcia, como presidente da Corte, tem legitimidade para tomar a decisão sozinha, por atuar nas causas urgentes durante o recesso do Judiciário, que encerra na próxima quarta-feira (1º). 

A prerrogativa é fortalecida com o pedido de urgência protocolado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Após essa etapa, o MPF pode usar o material das delações para abrir investigações formais contra as autoridades e políticos com foro privilegiado citados pelos 77 executivos da empreiteira que participaram do acordo.

0 Comentários :

Postar um comentário