01:01:00
0

Rede de TV alega ter tido acesso a material de inteligência que mostram o presidente russo ligados às invasões e vazamentos de e-mails democratas.


A rede de TV americana NBC News publicou nesta quarta, uma matéria em que afirma que o presidente da Rússia, Vladimir Putin esteve diretamente envolvido em ataques hackers às eleições dos EUA deste ano.

Citando "dois altos funcionários com acesso direto à informação", a rede publicou novo material de inteligência mostraria que Putin dirigiu pessoalmente como "o material seria hackeado e posteriormente vazado".

"Os objetivos de Putin eram multifacetados, disse uma fonte de inteligência de alto nível à NBC News. O que começou como uma 'vingança' contra Hillary Clinton transformou-se em um esforço para mostrar a corrupção na política americana e "dividir aliados-chave americanos, criando a imagem de que [outros países] não poderiam mais depender dos EUA para ser um líder global credível", escrevem os repórteres William M. Arkin, Ken Dilanian e Cynthia McFadden.

O ex-embaixador russo Michael McFaul disse à NBC que Putin está incomodado por Clinton questionar a integridade das eleições russas. "Ele teve uma vingança contra Hillary Clinton, que tem sido conhecida há muito tempo por causa do que ela disse sobre as eleições parlamentares russas de 2011. 


Ele quer desacreditar a democracia americana e nos tornar mais fracos em termos de liderar o liberalismo e certamente gosta das opiniões do presidente eleito Trump sobre a Rússia ", disse McFaul. Hillary disse, à época como Secretária de Estado dos EUA, que o país estava "muito preocupado com o desenvolvimento das eleições" na Rússia e com "informações sobre observadores independentes da eleição serem perseguidos e que seus sites serem atacados". 

O partido de Putin, Rússia Unida, foi o vencedor do pleito, com 49,5%. Negativa Na segunda-feira, um grupo de seis ex-altos funcionários de inteligência chamando-se "Veteran Intelligence Professionals for Sanity" divulgou uma carta afirmando que a Rússia não está por trás do ataque.

 "A evidência que deve estar lá não está; Caso contrário, seria certamente antecipado, uma vez que isso poderia ser feito sem qualquer perigo para fontes e métodos", afirma a carta. "Assim, concluímos que os e-mails foram vazados por um insider (alguém de dentro da campanha ou relacionado a ela) - como foi o caso de Edward Snowden e Chelsea Manning. Esse insider poderia ser qualquer pessoa em um departamento ou agência governamental com acesso a bancos de dados da NSA, ou talvez alguém dentro do Comitê Democrata", diz a carta. A CIA e o Diretor de Inteligência Nacional se recusaram a comentar ou confirmar a acusação da NBC.






Sputniknews.

0 comentários :

Postar um comentário