12:31:00
0

O presidente da Síria, Bashar al-Assad, prometeu nesta terça-feira que irá levar adiante o que chamou de guerra síria contra o terrorismo, não dando sinais de concessões em seu primeiro grande discurso desde o colapso das conversas de paz em abril.

Assad afirmou que irá recuperar "cada centímetro" de seu país e que Aleppo será o cemitério dos sonhos e das esperanças do presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, um grande patrocinador dos insurgentes que lutam para depor o líder sírio.

"Nossa guerra contra o terrorismo continua", disse Assad em discurso ao parlamento transmitido pela TV estatal.

"Assim como libertamos Tadmur (Palmira) e muitas áreas antes dela, iremos libertar cada centímetro da Síria das mãos deles. Nossa única opção é a vitória, caso contrário a Síria não irá continuar".

O Exército sírio e milícias aliadas, auxiliados por ataques aéreos da Rússia, retomaram Palmira do Estado Islâmico em março. Além de combater o grupo extremista, Assad enfrenta insurgentes que incluem grupos que receberam apoio de seus inimigos estrangeiros, entre eles a Turquia.      

A guerra diminuiu muito o controle de Assad sobre a Síria, e o Estado Islâmico, uma série de facções rebeldes e uma poderosa milícia curda estabeleceram autoridade em vastas porções do país.




Reuters.